Visualização de Dados Científicos

Caio Lente – 07/05/2019

Introdução

Exibir dados científicos da melhor forma possível garante1 Anscombe, Francis J. “Graphs in statistical analysis.” The American Statistician 27.1 (1973): 17-21. que ideias complexas sejam comunicadas com clareza, precisão e eficiência. Um bom gráfico deve tornar coerentes grandes conjuntos de dados, encorajar o leitor a comparar porções dos dados e revelar a estrutura latente dos dados, ao mesmo tempo em que não chama a atenção para si próprio.

Excelência Gráfica2 Tufte, Edward R. The visual display of quantitative information. Vol. 2. Cheshire, CT: Graphics press, 2001.

A “apresentação bem-feita de dados interessantes” depende de substância, estatística e design. Excelência gráfica implica em bons conjuntos de dados, é quase sempre multivariada, traz ao leitor o maior número de ideias no menor tempo possível e, necessariamente, requer que seja transmitida a verdade sobre os dados.

As grandezas físicas medidas na superfície do gráfico devem ser proporcionais às quantidades numéricas. Rotulação cuidadosa e detalhada dos dados, uniformidade de design e utilização do número correto de dimensões para representar os dados são princípios que ajudam a manter a integridade de um gráfico. É importante também nunca usar dados fora do contexto (unidades monetárias padronizadas, exibir o antes e o depois quando possível, etc.).